Notícias

Março Azul-Marinho: CRT-RN aborda a conscientização para prevenção do câncer colorretal

  • 22 de março de 2024

Esse é o terceiro tipo de câncer mais letal, porém as chances de cura são superiores a 90% quando diagnosticado no início

Em alusão à campanha Março Azul-Marinho (mês de conscientização sobre o câncer colorretal), o Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Rio Grande do Norte (CRT-RN) realizou, na tarde de ontem (21), palestra de conscientização sobre o câncer colorretal.

Na oportunidade, a enfermeira Renata Galvão explanou para colaboradores e membros da diretoria executiva sobre: os fatores de risco e sintomas da doença, como prevenir e cuidar da saúde do intestino.

Março Azul-Marinho

Março Azul-Marinho é uma campanha criada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para conscientizar a população sobre a importância da prevenção do câncer colorretal. Este tipo de câncer está associado ao aparelho intestinal que compreende tumores no intestino grosso, cólon, reto e ânus.

Sobre a doença

O câncer de intestino é também chamado de câncer de cólon e reto ou colorretal. Uma pesquisa da OMS no Brasil apontou a confirmação de 627 mil novos casos de câncer em 2022. Os tipos mais comuns foram o de próstata, com 102 mil, e de mama, 94 mil. O colorretal foi o terceiro mais incidente na população brasileira em geral, com 69 mil novos casos.

Ainda segundo os pesquisadores, a chance de uma pessoa desenvolver a doença é da ordem de 4,3%, sendo que ela é mais comum em homens e mulheres com mais de 45 anos ou em pessoas que tenham casos na família.

No Brasil, o câncer de intestino atinge mais de 40 mil pessoas por ano. Com o envelhecimento da população, estima-se que o número de mortes em virtude da doença aumente até 2025.

Apesar da alta mortalidade, o câncer de intestino tem cura e o diagnóstico precoce é a solução. Quanto antes iniciar o tratamento, maiores são as chances de um tratamento bem-sucedido.

Últimas notícias

Junho vermelho: CRT-RN promove palestra sobre a importância da doação de sangue

Em adesão à campanha junho vermelho, o Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Rio Grande do Norte (CRT-RN) promoveu na última sexta-feira, dia 21, a…
Ler mais...

CRT-RN realiza 30ª Reunião Plenária Ordinária

O Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Rio Grande do Norte (CRT-RN) realizou na última sexta-feira, dia 21, a 30ª Reunião Plenária Ordinária. A ocasião…
Ler mais...

Cursos técnicos podem evitar o apagão de mão de obra no país

Na última segunda-feira (17), a professora Cleunice Rehem, Presidente da Associação Fórum Nacional das Mantenedoras de Instituições de Educação Profissional e Tecnológica (BrasilTEC), em entrevista…
Ler mais...

Março Azul-Marinho: CRT-RN aborda a conscientização para prevenção do câncer colorretal

  • 22 de março de 2024

Esse é o terceiro tipo de câncer mais letal, porém as chances de cura são superiores a 90% quando diagnosticado no início

Em alusão à campanha Março Azul-Marinho (mês de conscientização sobre o câncer colorretal), o Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Rio Grande do Norte (CRT-RN) realizou, na tarde de ontem (21), palestra de conscientização sobre o câncer colorretal.

Na oportunidade, a enfermeira Renata Galvão explanou para colaboradores e membros da diretoria executiva sobre: os fatores de risco e sintomas da doença, como prevenir e cuidar da saúde do intestino.

Março Azul-Marinho

Março Azul-Marinho é uma campanha criada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para conscientizar a população sobre a importância da prevenção do câncer colorretal. Este tipo de câncer está associado ao aparelho intestinal que compreende tumores no intestino grosso, cólon, reto e ânus.

Sobre a doença

O câncer de intestino é também chamado de câncer de cólon e reto ou colorretal. Uma pesquisa da OMS no Brasil apontou a confirmação de 627 mil novos casos de câncer em 2022. Os tipos mais comuns foram o de próstata, com 102 mil, e de mama, 94 mil. O colorretal foi o terceiro mais incidente na população brasileira em geral, com 69 mil novos casos.

Ainda segundo os pesquisadores, a chance de uma pessoa desenvolver a doença é da ordem de 4,3%, sendo que ela é mais comum em homens e mulheres com mais de 45 anos ou em pessoas que tenham casos na família.

No Brasil, o câncer de intestino atinge mais de 40 mil pessoas por ano. Com o envelhecimento da população, estima-se que o número de mortes em virtude da doença aumente até 2025.

Apesar da alta mortalidade, o câncer de intestino tem cura e o diagnóstico precoce é a solução. Quanto antes iniciar o tratamento, maiores são as chances de um tratamento bem-sucedido.

Últimas notícias

Junho vermelho: CRT-RN promove palestra sobre a importância da doação de sangue

Em adesão à campanha junho vermelho, o Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Rio Grande do Norte (CRT-RN) promoveu na última sexta-feira, dia 21, a…
Ler mais...

CRT-RN realiza 30ª Reunião Plenária Ordinária

O Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Rio Grande do Norte (CRT-RN) realizou na última sexta-feira, dia 21, a 30ª Reunião Plenária Ordinária. A ocasião…
Ler mais...

Cursos técnicos podem evitar o apagão de mão de obra no país

Na última segunda-feira (17), a professora Cleunice Rehem, Presidente da Associação Fórum Nacional das Mantenedoras de Instituições de Educação Profissional e Tecnológica (BrasilTEC), em entrevista…
Ler mais...
Pular para o conteúdo